Publicado em vida

Al.cativa

No tempo das cerejas. De longe em longe o lilás beija o chão.

A melodia ecoa por Lisboa. A varina pequena e boa de al.cova presa na anca apregoa 

oh freguesa olha sardinha.  Al. Fica cativa. 

Anúncios

Uma opinião sobre “Al.cativa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s