Publicado em vida

Al.cativa

No tempo das cerejas. De longe em longe o lilás beija o chão.

A melodia ecoa por Lisboa. A varina pequena e boa de al.cova presa na anca apregoa 

oh freguesa olha sardinha.  Al. Fica cativa. 

Anúncios

Uma opinião sobre “Al.cativa

Os comentários estão fechados.